RedeCoop cria aplicativo de comercialização em rede para o pequeno produtor rural


Produzir nas áreas rurais de pequeno porte infelizmente ainda é um enorme desafio para a maioria das unidades da federação. Excetuadas as regiões Sul e Sudeste, principalmente os estados do Sul – tradicionalmente oriundos da colonização europeia, mantendo a tradição de lidar com a terra, nos demais estados as dificuldades se multiplicam pela ausência de ambiente favorável ao desenvolvimento dessas pequenas propriedades rurais.


O governo federal divulga e as entidades do setor reproduzem que 70% dos alimentos que chegam à mesa do brasileiro são provenientes da agricultura familiar, o que não constitui uma verdade, pois a maior parcela da produção das pequenas áreas é de empreendimentos de cunho empresarial – que não são as unidades familiares divulgadas pelo governo. A expressão “agricultura familiar” foi criada e resultou mais em exploração política que políticas públicas efetivas e sustentáveis de apoio ao pequeno produtor rural.


São diversos os entraves que comprometem a atividade, merecendo destaque a ausência de titulação da terra; a falta de um conjunto de normais ambientais e sanitárias adequadas ao pequeno porte; a necessidade de crédito rural formatado por cultivares; as insuficientes garantias creditícias; e a ausência de apoio governamental às organizações de base, principalmente à criação de organizações produtivas e de comercialização em rede.

Nessa linha, pensando nas necessidades do setor, a RedeCoop – organização de cooperação em rede – apresentou ao SICREDI a proposta de criar um aplicativo para facilitar a comercialização dos produtos oriundos das áreas rurais de pequeno porte. Tivemos a proposta aprovada e o aplicativo vem sendo desenvolvido. Já está em fase de testes e a expectativa é que em 60 dias esteja disponível na loja de aplicativos Play Store, no sistema operacional Android.


O aplicativo será disponibilizado numa ponta para os produtores associados à Rede e, na outra ponta, para os compradores. Quando tiver algum produto para vender, o produtor associado deve fazer login e acessar o módulo de emitir a ordem de fornecimento, fazendo a oferta e, inclusive, enviando imagens do produto. A RedeCoop recebe as informações no sistema central, valida os produtos para venda e os disponibiliza na tabela de produtos em estoque, visível para compradores. Por sua vez, o comprador coloca os produtos do seu interesse no carrinho de compras e ao final envia o pedido.


Para que produza os resultados esperados, esse aplicativo precisa da implantação de uma logística de coleta dos produtos ofertados, realizada em pontos de apoio determinados, e da distribuição operacionalizada em rede. A Rede reúne as informações das ofertas e demandas, forma carga e distribui. Sabendo-se que negócios sustentáveis tem que ter viabilidade econômica, entendemos que é preciso formar volume a partir da junção da produção de alguns municípios agrupados, o que resultou na criação de rotas de integração regionalizadas.


Procurar o SICREDI para patrocinar a criação desse aplicativo soma a outras parcerias já celebradas com a Central Sicredi Centro Norte, que sempre apoiou eventos e iniciativas da RedeCoop no que diz respeito à estruturação das ações associativas em cooperação. Assim sendo, agradecemos muito a diretoria do SICREDI, reconhecendo principalmente seu cumprimento aos valores e princípios básicos do cooperativismo, ou seja, a intercooperação.


RedeCoop




© 2023 por Consultoria estratégica. Orgulhosamente criado por Wix.com